Como fazer Print Screen em um Mac Rodando Windows

abril 23, 2015

Bom, eu uso um MacBook e possuo uma partição com Windows. Calma, não me apedrejem! Eu preciso do Windows, pois desenvolvo com o Visual Studio e gosto do Mac para as demais tarefas. Melhor ($$$) que ter dois notebooks, é usar um com os dois sistemas, não é?

Bem, deixando essa conversa de lado, a dica é bem simples e se você também tem um Mac rodando Windows, pode ser bem útil. Para fazer print screen da tela, no Windows, utilize as seguintes combinação de teclas:

SHIFT + FN + F11

Pronto, agora é só colar onde você quiser!

Espero ter ajudado! Até a próxima!

Anúncios

Windows Phone supera iOS e assume segunda posição entre smartphones no Brasil

fevereiro 15, 2014

Disponível apenas em aparelhos da Nokia, sistema da Microsoft alcançou 6% de participação nas vendas registradas no 4º trimestre de 2013

Claudia Tozetto
No Brasil, apenas a Nokia comercializa smartphones com o sistema Windows PhoneNo Brasil, apenas a Nokia comercializa smartphones com o sistema Windows Phone (Dado Ruvic/Reuters)

O Windows Phone superou o iOS, da Apple, e se tornou o segundo sistema operacional mais popular no Brasil no 4º trimestre de 2013, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pela consultoria IDC. A plataforma da Microsoft representou 6% das vendas realizadas no Brasil no período. A distância em relação ao primeiro colocado no ranking, no entanto, ainda é grande: o Android está em cerca de 90% dos smartphones vendidos no país.

A IDC não confirma a participação de mercado do iOS, sistema operacional do iPhone, no Brasil. “O Windows Phone está em um momento de crescimento no Brasil, mas a diferença para o terceiro colocado não é tão grande assim”, diz Bruno Freitas, analista de mercado da IDC. Segundo a consultoria, o Windows Phone superou o iOS somente no quarto trimestre, o que mantém o iOS em segundo lugar no Brasil, se considerado o volume total para o ano passado, que é de quase 11 milhões de aparelhos.

O Brasil é o quarto maior mercado para smartphones no mundo, atrás de China, Estados Unidos e Índia. A previsão da IDC é de que 47 milhões de smartphones sejam vendidos no país em 2014. No Brasil, o Windows Phone só está presente nos oito smartphones da linha Lumia, fabricada pela Nokia – fabricante de celulares adquirida pela Microsoft no ano passado. Samsung e HTC já lançaram produtos com o sistema no país, mas os produtos não estão mais disponíveis no mercado.

Embora tenha ultrapassado o iOS no Brasil, no mundo a situação do Windows Phone é bem diferente. O sistema apresentou crescimento constante no último ano, mas detém pouco mais de 3% das vendas e se mantém em terceiro lugar no ranking global de plataformas mais populares. Segundo a IDC, o sistema operacional da Apple está em terceiro lugar, com 18%, atrás do Android, que lidera o mercado com 73% dos smartphones vendidos em todo o mundo.

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/windows-phone-supera-ios-e-assume-segunda-posicao-no-brasil


Experiência do usuário num MAC e falta dela num PC

maio 28, 2009

mininotehp

Outro dia minha sogra comprou um lindo HP mini-note e pediu para que eu configurasse a rede sem fio, para que ela pudesse acessar a internet em casa. Foi aí que começou o problema. Na prática, muitas pessoas não sabem a senha da sua rede sem fio, pelo fato de ter sido instalada por um técnico que não fez seu trabalho direito ou quis ganhar algum dinheiro com a visita de retorno para consertar um “problema” da rede. Só que o problema não era este. Ela sabia a senha da rede e mesmo assim não foi capaz de configurá-la. Detalhe: eu já era a terceira pessoa (fora o departamento de TI da escola dela) a tentar acertar o problema.

Comecemos pelo início. Porque diabos um notebook novo vem com windows XP service pack 2? Ok, o Vista foi pessimamente recebido e estão querendo voltar com o XP, mas, porque não incluem o XP já com o service pack 3? É simplesmente tenebroso ter de arrumar uma conexão à internet para baixar atualização do windows para conseguir configurar a internet… é como a história do ovo e da galinha. Por sorte, o filho dela tem um daqueles modens 3G e pudemos baixar a atualização.

Como se já não bastasse esse inconveniente, após a atualização, o computador passou a encontrar, mas não conseguia conectar à internet. Relatório do Windows: tudo está funcionando perfeitamente. Relatório do Internet Explorer: problema na conexão. Contate o administrador de rede. Meu relatório: compre um mac e seja feliz (usei pouco o linux, então não posso recomedá-lo, mas vale a pena dar uma olhada, as últimas interfaces aparentam ser muito boas). Tudo tornou o lindo HP mini-note num odiável computador pequeno com teclado espremido, adaptador de energia gigante e desemgonçado, luzes sem propósito e por aí vai…

Por quê? Lembro bem o dia que liguei meu mac pela primeira vez. Foi fácil e rápido de configurar. Bastou informar idioma, localização geográfica, nome e outras informações básicas. Depois, ele já reconheceu a rede da minha casa e pediu a senha. Informei e estava navegando na internet… ah! antes disso, teve um videozinho de boas-vindas, muito empolgante. E eu vivo carregando o note pra cima e pra baixo, conectando em diversas redes diferentes, sem problema algum. Até o meu celular conecta nas redes com mais facilidade do que o windows.

Lendo o livro do Steve Jobs, fiquei impressionado com a capacidade dele de projetar experiências. E é isso mesmo. A Apple pensa nos detalhes de toda a experiência do usuário. No windows, a sensação é de que você tem que chamar um técnico pra acertar o computador, antes de começar a usar (e rezar para que ele consiga). Depois, começa a usá-lo como uma ferramenta de produção (às vezes prático, mas quase sempre sem graça) e de repente, tem de chamar o técnico novamente porque algo deu errado. É triste… mas é a verdade… vejo meu irmão usando o note dele… começou com o vista, fez downgrade para o XP e hoje em dia vive reclamando que a rede parou, o bluetooth dá pau, a impressora parou de imprimir…

O windows só se esqueceu de uma coisa: nós, os usuários.

Fonte:  http://uxp.com.br/post/164


Windows 7 terá “modo XP” virtualizado

abril 27, 2009

xp_mode

SÃO PAULO – A Microsoft revelou uma nova arma em seu esforço para fazer os usuários desistirem do XP e migrarem para um sistema operacional mais novo: o modo XP.

O engenheiro de Windows Scott Woodgate anunciou, em blog corporativo, que a Microsoft trabalha num recurso que vai carregar o XP dentro do vindouro Windows 7 usando ferramentas de virtualização.

A tecnologia usada será o Virtual PC, um aplicativo de virtualização que a Microsoft adquiriu de seus criadores em 2003. Segundo Scott, a ideia do “Modo XP” é encorajar, sobretudo, as pequenas empresas que possuem aplicativos antigos e temem que eles não sejam compatíveis com o novo sistema operacional da Microsoft.

O recurso, no entanto, pode ter forte impacto também sobre usuários finais. Muitos consumidores possuem aplicativos antigos ou mesmo um hardware que comprou há muito tempo – como um velho scanner – e teme mudar de sistema operacional e não conseguir usá-los mais.

O anúncio do XP mode causou certa surpresa, pois não apareceu antes na versão beta do Windows 7 nem é previsto aparecer no RC1 do novo Windows, que provavelmente será liberado pela Microsoft em 5 de maio.

Em seu post, no entanto, Woodgate deixa transparecer que o modo XP só ficará disponível para quem comprar as mais caras das seis versões do Windows 7, a Ultimate ou Professional.

“Nós vamos apresentar em breve o beta do Windows XP Mode e do Windows Virtual PC para Windows 7 Professional e Windows 7 Ultimate”, anotou o engenheiro da Microsoft.

A longa sobrevida do XP tornou-se um grande problema para a Microsoft, que não conseguiu fazer o Windows Vista ser adotado na velocidade e quantidade de licenças que a fabricante projetou.

Agora, a companhia tenta reverter, no Windows 7, dois pontos principais de resistências ao Vista: uma delas é a compatibilidade com software e hardware e outra o tempo de boot, considerado longo demais no Vista.

Fonte: Site da Revista Info